Um lugar para Ele

Nesses últimos dias o comércio é aquecido. Panetones são fabricados em escala avançada. E de quebra há uma proliferação epidêmica por todos os meios e lados de palavras carinhosas desejando saúde, paz e claro, feliz natal.
Nesses últimos dias de 2017 muita gente se reunirá para comer juntos, fazer uma CEIA DE NATAL, normalmente preparada com maior quantidade de ingredientes que se é possível consumir. Pessoas que não se falaram durantes mais ou menos uns 350 dias, agora, vão se abraçar, e com discursos clichês, desejar o melhor.
Nesses últimos momentos de 2017 é possível até que generosidade adormecida durante todo o ano desperte, se manifeste e volte novamente a dormir. E como dorme!
Nesses dias, quem sabe alguém consiga lembrar o porquê disso tudo? Natal, nascimento? De quem? Por que? Para que? Ninguém (ou quase ninguém) sabe o que realmente é comemorado nesses dias. Fazem tanta festa sem se importar com o ANIVERSARIANTE.
Nesse momento, não há nada de novo, apenas o replay, a repetição de uma postura já própria nossa que é deixar JESUS de fora. Afinal, já no seu nascimento, foi exatamente isso que aconteceu, não tinha um lugar para Ele:

Então Maria deu à luz o seu primeiro filho. Enrolou o menino em panos e o deitou numa manjedoura (tabuleiro em que se deposita comida para vacas, cavalos etc. em estábulos), pois não havia lugar para eles na pensão. – Lucas 2.7

Wellington M. Fonseca

A Melhor Invenção de Todos os Tempos

O site hypescience.com fez uma lista das 10 invenções mais importantes de todos os tempos. E a número 1 da lista deles é “vacinas e antibióticos”. Não é difícil admitir que realmente os medicamentos, em especial, as vacinas e antibióticos, tem salvado muitas pessoas, evitado epidemias, melhorando a qualidade de vida de todos que tem a eles acesso. 

Porém, a melhor “invenção” não foi feita por meio de homens e sim por meio de Deus, que se fez homem e assumiu na sua própria pele, a doença incurável por meios naturais. A pior doença do mundo chama-se pecado e só existe cura em um único remédio. Esse remédio não pode ser patenteado, manipulado, fabricado. Não é resultado da inteligência, da surpresa, da ânsia pelo lucro. 

Em 2ª Coríntios 5.21 essa verdade fica mais clara: Deus carregou todo o nosso pecado sobre Cristo, que estava isento de qualquer pecado, para que nele fôssemos revestidos da justiça de Deus. Isso mesmo, Jesus, aquele bebezinho que nasceu a mais de 2000 anos atrás é o único e verdadeiro medicamento eficiente que para toda e qualquer pessoa que, reconhecido de sua enfermidade, aceite esse tratamento exclusivo e gratuito. 

Você não pode encontrar o que mais precisa procurando no lugar errado. Não é uma questão de saúde pública. Muito menos consequência de melhor saneamento. Não se resolve contratando um baita plano de saúde. Muito menos é uma oferta “0800” do SUS. O que você e eu precisamos se chama JESUS. 

Wellington M. Fonseca

Reciclando a Visão

Recentemente recebi uma carta do Detran-ES suspendendo meu
direito de dirigir por trinta dias. Além de pagar as multas, fui obrigado a fazer
um curso de reciclagem em plena sexta, sábado e domingo, durante todo o
dia. Na sala estavam comigo mais dez pessoas na mesma situação.
Em um breve bate-papo, percebi que cada um de nós tinha uma
“Justificativa” para a suspenção. Alguns culpados diretamente e outros indiretamente
por emprestar o veículo, não realizar a transferência, ou assumir
a culpa do outro cedendo à pressão dos seus argumentos e influência.
Amados, toda essa situação me leva a pensar em nossa vida espiritual.
Será que não temos uma necessidade de reciclagem nessa área?
Claro que sim! Reciclar é atualizar, reintroduzir num ciclo algo que já tinha
sido descartado, reaproveitar algo, entretanto, acrescentando melhoramentos.
Nascemos, aprendemos, erramos, conhecemos Jesus, nos convertemos
e, então, descobrimos que muitas coisas no nosso interior precisam
ser mudadas. Precisamos reformular nossos conceitos para sermos úteis
como servos de Deus.
Necessitamos de uma reciclagem porque “ganhamos pontos negativos”
quando praticamos alguns vícios no trânsito da vida religiosa, quando
desobedecemos e ignoramos a sinalização da Palavra de Deus, que nos
orienta a necessidade de termos atenção e de parar para que possamos
seguir em frente com segurança.
Porém, temos a mesma resistência do curso do Detran. Ficamos
incomodados, transferimos a culpa para outros, achamos perda de tempo,
pois afinal, somos religiosos, tementes a Deus e bons cidadãos. Só tem um
detalhe, quem não recicla não pode ser reabilitado. A reciclagem espiritual
começa com a prática das palavras do salmista no Salmo 139:23-24. ”Sonda-
me, ó Deus e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus
pensamentos. E vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo
caminho eterno”.
É preciso que o Senhor Deus nos avalie, prove e nos habilite para
seguirmos no trânsito do caminho eterno. Diante disso, te convido a olhar
sua vida espiritual e verificar quantos pontos negativos você tem adquirido.
A Bíblia é o nosso Código infalível de trânsito. Não perca tempo, por mais
difícil que seja reciclar, torna-se extremamente necessário.
Deus vos abençoe! Em Cristo,
Rev. Ronaldo R. Soares – 2ª IPB Viana – ES

 

Aproveito do texto para te incentivar a participar de nosso
SEMINÁRIO DE COSMOVISÃO CRISTÃ
Nos dias 16 e 17 de setembro de 2017
Maiores informações: http://ipbitaparica.com.br/2017/09/seminario-de-cosmovisao-com-pr-maicon-custodio-6a-ipb-governador-valadares/

ou https://www.facebook.com/ipbitaparica/

Seminário de Cosmovisão com Pr. Maicon Custodio – 6ª IPB Governador Valadares

     Você deve se inscrever com antecedência para preparação de apostila (Patrocinada pela IPB Itaparica). Mande um zap para (27)99942-7050 ou email para secretaria@ipbitaparica. 

     A lente dos seus óculos determinam sua visão. Então venha aprender uma visão de mundo através da Palavra de quem criou e sustenta o cosmos (mundo). Esperamos por você!

Como ajudar pessoas com pensamentos suicidas?

Durante esse mês estaremos postando vários textos e informações de prevenção ao suicídio. #setembroamarelo #tiagozortea #ipbitaparica
Então leia e compartilhe. Seja um canal de bênção para quem está sofrendo.

Os textos são do psicólogo Tiago Zortea.
http://www.comportamentoesociedade.com
Possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Espírito Santo, onde atuou como pesquisador-bolsista do Ministério da Educação pelo Programa de Educação Tutorial em Psicologia. Possui mestrado em Psicologia pela mesma instituição na área de Evolução e Etologia Humana (Bolsista CAPES). Possui formação em Terapia Comportamental pelo Instituto de Terapia por Contingências de Reforçamento (ITCR) e atua em consultório particular no trabalho com crianças, adolescentes e adultos. Atualmente é pesquisador de PhD na University of Glasgow (Escócia, Reino Unido), membro do Suicidal Behaviour Research Laboratory, onde pesquisa sobre comportamento suicida e práticas parentais. É membro da British Psychological Society e revisor do periódico Archives of Suicide Research (International Academy of Suicide Research). Trabalha com os seguintes temas/áreas: Suicídio; Comportamento Suicida; Autolesão; Prevenção ao suicídio; Práticas parentais; Psicologia Clínica; Análise do Comportamento; Etologia Humana; Investimento Parental. 

http://www.facebook.com/ipbitaparica

Como ajudar alguém que sofre de ideações suicidas?

Não pensei que teria fim…

Quartas em Família
20:00h
14 Junho 2017
www.facebook.com/ipbitaparica

O risco de passar anos e mais anos lutando por prêmios que não valem a pena é real a todos nós.
O pior é, de forma inesperada, não ter tempo para mudar o rumo de uma lida na direção errada.
Pensando nisso, vamos juntos, nesta quarta-feira, 14 junho, refletir sobre isso à luz da Palavra.
Convide, compartilhe esta chamada e venha ouvir sobre Ele que quer, mais que tudo e todos, nos direcionar de forma correta!

Será que é Infidelidade?

    Como você se sentiria se neste momento ao olhar o facebook – parte pública – de seu cônjuge e encontrasse tudo lá, menos você? Deixa eu tentar ser mais claro. Você irmã Trifena vai na página do seu esposo e encontra lá fotos de várias mulheres, menos sua. Você irmão Tíquico faça o mesmo, observa o perfil da sua amada e lá encontra referência a tudo, fotos de todos os homens famosos ou não, mas, sua não tem nenhuma.

    Tal pesquisa te faria sentir-se uma pessoa traída? Você iria pensar que há INFIDELIDADE no ar? No mínimo isso demonstraria que o comprometimento mútuo é ligeiramente fraco, sem importância, ralo.

    Ok, agora imagina a liderança da Igreja Presbiteriana de Itaparica fazendo a mesma pesquisa. O que ela encontraria lá? Os postes e avisos feitos com trabalho pela secretaria da igreja? Os links dos audios que irmãos tem dedicado tempo para produzir da melhor maneira possível? Os vídeos das mensagens feitas e editadas gratuitamente por irmãos, as vezes pelas madrugadas, que tem investido nestes ministérios, buscando alcançar você, sua família, seus amigos, etc… Tem isso lá?

    Se a resposta é não creio que há algo muito errado. Será que é INFIDELIDADE? Não sei! Pode ser descuido… Falta de comprometimento… Falta de intimidade mesmo com a Igreja que DEUS te deu…
Estamos próximos ao dias dos namorados. Que tal você paquerar, admirar, presentear e exaltar mais aquela que te socorre em suas dores, que te carrega no colo quando necessário do que a namorada(o) dos outros? Será que é pedir demais?